Round and Round in Circles Over Life...

16
Mai 07

Ele há alturas na vida que não percebemos muito bem determinadas coisas...

O ultimo post já dava indicio de que andava no ar uma certa estupidez e surrealismo!

O fim de semana foi o culminar!

Quando a tempestade se aproxima até já lhe dou o cheiro...

Fim de semana andava tudo meio exaltado, tudo meio resmungão sem saber bem porque ou como...Domingo a propósito de uma travessura do cão (que estava comnosco à cerca de quase um ano pois tinha sido abandonado lá a porta a meados de agosto), fui atrás dele para recuperar o objecto que ele roubara e que estava subtilmente a destruir em pedaços.

Ralhei-lhe, mas não bati, ameaçei e ralhei...

O cão passou-se violentamente e quando dei conta estava aos berros, cheia de dentadas profundas na mão e braço. Quase entrei em choque o animal não era violento apesar de algumas atitudes mais falsas e inconstantes...

Hospital, braço direito ligado, injecção do tétano e um trauma de morte...

Coriosamente só pensava no cão e no meu pai a passar-se do juízo!

Resultado estou lesionada, abalada, choramingas, muito sensivel....

A maioria das pessoas recomendou abater o animal...foi um terror pensar nisso! Apesar de tudo custa imenso ter essa ideia!

Hoje depois de terem ido com ele ao veterinário local, depois de saberem o filme que é mandar abater um animal, os meus pais andaram o dia inteiro desesperados na tentativa de um sitio que ficasse com o bicho, pois apesar de tudo em muitas associações e veterinários, as opiniões de que a adopção era possivel, acabou por nos desistir da solução de abater...

O Rock lá ficou num albergue de uma associação...na esperança de novo dono, que saiba lidar melhor com ele, que lhe dê mais educação, etc...

Mas sinto uma tristeza muito grande, apesar do medo com que fiquei e de me lembrar vezes sem conta da cena, dos dentes dele cravados no meu braço violentamente!

Caramba puta da sorte...

DAS!!! Começo a trabalhar, penso que a vida já está a endireitar-se e depois é só cenas macabras destas....

Haja paciência!!!!!

Entretanto de braço direito lesionado....o blog ficará em pause mode, até novo animo!

Beijos a todos!!!!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 21:14

Olha eu nesse aspecto sou mt radical e se o cão fosse meu eu nunca na vida deixaria q o abatssem, mas pronto, cada um é q sabe.

É assim, como o cão não era teu, se calhar ja vinha com algum trauma, e como pensou q lhe ias fazer alguma coisa defendeu-se, né?
A culpa dos cães serem maus é dos donos. E provavelmente esse vinha de uns donos mt maus por isso reagiu assim contigo.

Eu sou contra o abatimento de animais a não ser q eles estejam a sofrer e nao haja remedio possivel.

Depois essas cenas de haver raças perigosas ou menos perigosas é tudo uma valente treta. Se eu quiser um cão mau ele ate pode ser da raça mais pacifica existente a face da terra, q se eu quiser ele fica mau.
Conheço e lido com alguns animais de raça consideradas perigosas (bah...) e são do mais meigo possivel, pois têm donos q assim os educam. Acontece exactamente o mesmo com as pessoas.

Mas ainda bem q se quiseste ficar com ele o tenhas dado a uma instituição e nao o tenhas mandado abater.

bem, desculpa lá este testamento, mas eu com cães é doença :D

bjinhos e boa recuperação!
Patinha a 18 de Maio de 2007 às 15:08

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25

28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO