Round and Round in Circles Over Life...

28
Ago 06

As férias chegaram finalmente ao fim...se é que alguém na minha situação pode dizer tal coisas....

A maré está mais calma, depois do desabafo anterior (e agora perdoem-me aqueles que o leram) a maré está agora mais calminha, as onda mais pequeninas e as àguas mais calmas. Estou numa de "arrumações e house cleaning", como que a preparar algo que há vir e não sei bem o que é...

Também é tempo de balanço...no fim de contas, o balanço até é positivo destas minhas férias em familia...

O melhor de passar férias em familia é poder rever pessoas que só vemos de tempos a tempos, primos que moram longe, primos que têm vidinha complicada e que só se juntam em ocasiões festivas, pessoas essas que acabaram por me trazer mensagens subtis mas muito importantes.

Aquele cantinho  no campo que era dos meus avós, continua a ser um local onde posso descançar, onde posso ver um céu magnifico, falar com as estrelas, está perto da praia, está perto de Lisboa, e tem uma tranquilidade especial...tal como o meu mar do sul!

Estas férias houve tempo para ler uns livros interessantes, houve tempo para reflectir, esqueci os PC, os telemoveis (que so estavam ligados por questões profissionais), pouca TV (até porque ali so mesmo os 4 canais nacionais e as vezes sabe-se lá), não levei banda sonora comigo este verão, mas revi os meus velhinhos vinys guardados no sotão e cheios de pó, Janis Joplin, Crosby & Nash, G n' R, e muitos outros que marcaram alguns momentos da vidinha, alguma praia, alguma piscina, algum sol (sim porque isto num está para brincadeiras...), muito ar puro e muitoooo babysitting!

Simmmm...ouviram bem...babysitting! É verdade, férias em familia, com direito a putos pestinhas no pacote especial de férias...eheheheheh! Confesso que é algo cansativo e as vezes seca, a diferença de idade faz com que sejamos de mundos completamente diferentes, mas a energia que me deram foi demais. Foi como um recuar no tempo, recordar coisas e ,momentos engraçados, recordar brincadeiras para os entreter, muitos desenhos (porque aqui a prima Paty até tem jeitinho para o desenho e para os trabalhos manuais), muitas colagens, legos, jogos de bola, levar cedo para ir à praiinha, mergulhos, corridas e "tumba-tumbas" na piscina...ai a prima Paty tem cá uma paciência!!!

Mas soube bem...

Também soube bem andar de roupinha reduzida e chinelos durante tantos dias....era vestir o bikini de manhã e uma roupita curta e levezinha por cima e tá a andar de moda!

Este foi o ano da revolução do bikini....lolololo. Arrisquei comprar logo 2 duma vez (que estavm uma verdadeira pechincha) e apesar de no acto da comprar pensar para comigo que o mais certo é que ficariam na gaveta...descobri que são os meus melhores amigos no verão...e que até combinados com uma bela toilette de noite fazem um "vistão" que não vos digo nada!!!

Axo que foi dos 27....

Ver 27 nas velas do aniversário...foi como que o cair da ficha!!!! Toingggg Toingggggg!!!! E a seguir levar um estaladão....ACORDA MELHERI...ACORDA!!!!

No que diz respeito aqui ao coraçãozito...pois o verão foi calmo como um mar sem onda (para variar lolololo), reflexão muita reflexão foi a única coisa com que me preocupei. Bom isto é...não estou cega...portanto as vistas vêm se sempre!

O facto de ter completado 27 parece levar algumas pessoas (especialmente a mãe e alguns amigos) ao desespero e quererem que arranje homem à força....já não sei o que fazer para que se desenganem...pois aqui a je para além de dificil e personalidade forte, está numa de Out of Love como diria a Anastacia. É verdade com tudo o que a vida me tem trazido de confuso e triste no campo amoroso, decidi que é melhor estar comigo mesma, do que sair por ai feita maluca a caçar o primeiro que me apareça....é dificil estar se só acreditem, mas não é nenhum drama! Apesar deste meu esforço e deste pensamento custa estar no meio da multidão, olhar em volta e perceber que anda tudo in love, as miudas e os putos andam para aí com as hormonas aos saltos e é vê-los fazer de tudo para ter aquele amor de verão, mesmo que seja passageiro...as vezes é complicado sobreviver a tanto in love!

Num desabafo em meias palavras, quase em código com uma prima...consegui ouvir algo que me surpreendeu. Primeiro porque a pessoa em questão é uma mulher que não se manifesta assim facilmente sobre assuntos emocionais e depois porque a vida recentemente lhe pregou a valente partida do coração (a qual ela soube dar a volta por cima e para espanto de todos da maneira que ninguém esperava). Ela percebeu que eu estava farta de histórias mal resolvida e desgostos de amor, então subtilmente disse: Paty as coisas não são como aquele velho ditado dizia que existia sempre uma tampa para a nossa panela...lembra-te que a tua panela pode ter muitas tampas. (...) Também não te deixes levar por essa desilusão, voar sabe tão bem não sabe? E tu conseguiste voar não foi?!!! Nunca te esqueças de voar...

Resumindo: Fiquei de boca aberta! Ela tinha razão...é certo que não aconteceu nada, que andamos quase 3 anos no chove não molha, até que eu me passei com a pose do sujeito e dei com os burros na àgua. Mas pelo meio consegui voar, consegui desejar, sentir um fogo ardente, consegui amar e sentir que podia ser amada. Aproveitei os momentos e não tive receio de dizer que amava. Ainda que tudo tenha terminado mal, ainda que me tenha sentido traída, humilhada, triste e vazia...olho para trás e sorrio porque um dia conheci alguém que me fez...Voar!

Lamexices à parte e adiante...

A verdade é que este verão percebi que tenho que mudar, dar uma volta nesta vida, trilhar um novo caminho, tenho de encontrar a minha missão de vida, tentar descobrir se este é o caminho certo...sei que quero trabalhar, que quero fazer algo que me dê prazer e gosto, quero conhecer novas pessoas, não mais me fechar em copas, quero esquecer o passado e procurar encarar o futuro, quero viajar e sentir que ainda não estou completa há sempre espaço dentro de mim para algo mais....

OBRIGADO A TODOS PELOS COMENTÁRIOS E PALAVRAS TÃO BOAS

UMA SEMANA EXCELENTE PARA TODOS

WELCOME BACK TO REALITY!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 16:34

Hmmmm turbulência na minha ausência???!!! Gostei deste «post». «Post» de menina crescida :)

Beijooooosssss
PrincesaVirtual a 29 de Agosto de 2006 às 09:36

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
26

27
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO