Round and Round in Circles Over Life...

17
Mai 06

Memórias, lembranças, desgostos, amores, alegrias...são tatuagens gravadas para sempre guardadas, simbolos da nossa vida.

Maio tem sido em mês dificil...

Maio foi o mês que há uns anos tudo mudou, em que o amor chegou disfarçado de amizade...

Ninguém pode ocupar este vazio que me preenche...a resposta está em mim e nas consequentes atitudes que tenho que tomar. Mudanças radicais aconteceram nos ultimos meses e chegado o meio do ano é sempre tempo de perceber como estarei a ir, o que tenho que mudar...Tem de mudar tudo afinal...

Prometi a mim mesma que não voltaria a falar do "Chris H." nem da malfadada história que se passou entre nós...ou por outra,  aquilo que não se passou. Aos poucos percebo que foi um amor não correspondido, a aproximação de duas pessoas que estavam a passar momentos dificeis, que aproveitaram o apoio e o carinho desprendido de quem mal se conhece para curar algumas feridas. Para mim acabou por se tornar numa tatuagem profunda...

Ainda me faz chorar...

Tantas vezes fingi que não sabia que um dia a historia ia acabar assim...coriosamente era nessa alturas, que conseguia subir ás nuvens esquecer tudo e simplesmente amar alguém que eu mal conhecia. O "Chris H." fez me rir como uma criança tantas vezes, fez me dizer disparates, "tonterias" de menina apaixonada, fez me soltar o fogo e dizer em voz alta a força do meu desejo, coisas que hoje me embaraçam, por pensar que me dei a um desconhecido, da forma que dei e sem pensar.

Mas fez me sentir mulher tantas vezes, mesmo sem um único toque...

Foram estes contratempos da vida, as marcas de uma familia em dificuldades, a luta por manter a sanidade e tantas outras coisas que nos afastaram de vez, apesar de cá dentro eu saber que os nossos caminhos não se íam cruzar no futuro.

E foram os contratempos do destino ou o futuro, que também me privaram da presença de tantas outras pessoas, muito cedo...a vida com os seus obstaculos e constantes mudanças fizeram me deixar para trás amigos de uma vida, pessoas que às vezes pareco reencontrar no meio dessa multidão.

As pessoas, os acontecimentos, marcam-nos...são tatuagens eternas, profundas!

Tento aprender com todas elas, sejam boas ou más...

E a todos aqueles que passaram pela minha vida e que eu não vejo mais, aos que já partiram, aos que conheço, aqueles que fazem parte dela, a todos o que virão...eu peço todos os dias a Deus e ao Universo que a vida lhes traga momentos e tatuagens eternas de felicidade!

 Obrigado a todos pelos comentários que me deixam...isto vai melhorar prometo!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 23:12
sinto-me:
música: "Tatuagem" - Mafalda Veiga & Jorge Palma

pois que vai mudar, vai!...até lá, é duro, certamente! mas como se costuma dizer...o que arde cura e o que aperta segura!! beijinhos e pontapé para a frente...
Coisas Parvas a 18 de Maio de 2006 às 11:42

"O que arde cura, o que aperta segura..." Nunca tinha ouvido essa versão mas seguramente vou passar a usa-la pois faz todo o sentido :D
Beijinhos e obrigada pela força.

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
16
18
20

21
23
25
27

29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO