Round and Round in Circles Over Life...

03
Abr 07

 

O embaraço era mais que notório na sua cara...

Também me sentia constrangida com aquele empurra, empurra...dois solteiros a serem empurrados à força, como dois imans que não se conseguem juntar.

A brincadeira começou à tempo a propósito de estarmos reunidos em almoço de amigos. São amigos de familia de longa data e muito engraçados e ao perceberem que aqui a je sofria de solteirice aguda lá tiveram a brilhante ideia. Desde então sempre que falamos brincam com a coisa...

Ele ao que parece menino bem comportado, muito boa pessoa, rapazinho na linha, acertadinho e tal, sofre do mesmo problema que eu, solteirice aguda...ele sofre mais pois eles passam a vida a moer-lhe o juízo pois acham que sou a menina ideal...já para não falar que a minha mãe ajuda à festa!

Ora estão a imaginar a coisa....pessoal armado em cupido a tentar juntar azeite e vinagre!!!

Não conheço o rapaz de lado algum...aliás só hoje tive esse prazer!

Calhou irmos ter com eles por causa de tratar dumas coisas e como somos quase vizinhos, lá nos encontramos para matar saudades e resolver umas coisas...

E o assunto veio logo à baila!!!

E lá foram arrastar o moço para me conhcer e moer lhe mais o juízo. Tadito!!! Eu lá tentei impedir, apesar de me fazer frunicoques este tipo de coisas e a minha timidez falar muito alto nestas coisas...até já me consigo rir desta brincadeira e recebi o rapaz com o meu melhor sorriso e simpatia...

Ele se tivesse um buraco tinha se enfiado....eu lá fiquei meia sem jeito! A figura magra e baixa nada tem a ver comigo...apesar de tudo foi simpatico! Não deu para nada 5 min que o menino estava de partida.Lá bem perfumado o rapaz estava...o cheiro entranhou-se na minha roupa...

Pfuuuuu...ai esta gente! Tudo a querer fazer de cupido...

A verdade é que este episódio deu que pensar, isto desta gente andar para aí a querer disparar setas por todo o lado é chato, isto do empurra empurra nunca foi muito do meu gosto, apesar de que eu quando percebo 2 pessoas têm algo a ver e têm potencial, também dou o arzinho da sua graça e também faço arranjinhos...

Anyway...

Também deu para concluir que está cada vez mais difcil interessar-me por alguém nesse ponto de vista, sim senhor e bom conhecer caras novas e fazer novos amigos, mas está dificil ver as pessoas com os olhos do coração e da paixão, sentir entusiasmo por alguém, querer conhecer mais ou melhor a pessoa, ter saudades de falar com ele, de estar com ele, de achar pontos em comum...enfim todas aquelas coisas que acontecem quando estamos in Love!

Não sei se são as marcas profundas, os desgostos de amor, o stress da rotina, esta história de ter a cabeça cheia de coisa em que pensar, resolver isto e aquilo, pensar no futuro, situação instavel...o certo é que tem sido dificil desarmar-me e deixar espaço para o amor!

Também percebi isso do outro lado...

Era notório que ele não tava nem aí, segundo sei também não tem sido feliz neste dominio...então fechamo-nos em copas! Compreendo tão bem essa sensação de retraímento...

E quando duas pessoas andam fechadas ao amor não há solução possivel, mesmo que queiram, não há espaço para empatias, não há espaço para deixar aquela vontade de nos conhecermos melhor, enfim...

Moral da história...

(como diria alguém algures na blogoesfera) O meu cupido deve andar bebado, caído na sargeta, perdido numa viela qualquer, e com as minhas setas todas baralhadas na mochila. Depois moral da historia dois...andar fechado é mau, pois perde-se a chance de conhecer alguém especial...

 Abriu a época do coração por estas bandas...é a mili, é a mili!!!

 

Beijinho  bommm a todos obrigadinus pela força que sempre me vão dando!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 19:22

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
24
25
26
28

29
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO