Round and Round in Circles Over Life...

06
Nov 06

Nota prévia: Post escrito pela minha mãozinha alguns dias atrás....

Estou de cabelos em pé!!! Aghhh...

Semana que tem feriados pelo meio e não sei quantos aniversários pelo meio é de por os cabelos em pé!

Para variar (sorrisinho embecil e irónico...) , fui passar a semana do feriado ao campo com a família toda reunida. Alguns de fim de semana outros de mini-férias enfim o pessoal juntou-se todo...

Que confusão que barulheira...

Repouso o corpo cansado e indolente em cima da minha cama "kingsize"...ai que bom o silêncio! Sinto-me letárgica e absorta, mergulhada nos barulhos do silêncio, finalmente alguns momentos de sossego!

A janela de cortinados escancarados mostra uma paisagem perdominantemente verde e acinzentada...o tempo está chuvoso. È incrivel pensar que já chegamos a Novembro, não está frio mas uma chuva de temporal e chega a estar tanto calor como nos dias de setembro...Ao longe vejo estender-se a serra da Arrábida, hoje está competamente envolta em grandes nuvens brancas, pesadas e maçissas que mais parecem tufos de algodão fofo e espesso!

Olho as nuvens passar, ganhar formas, desfazerem-se e ganhar formas novamente...suspiro! Tento afastar os demónios que teimam em rondar esta cabecita e concetro-me nas nuvens. Os olhos nem pestanejam...

Penso em como um fim de semana e uma semana em família me conseguem atormentar e dar cabo da tola. É bom estar com eles, com aqueles que gostamos, é bom mudar de dares e encontrar alento naqueles que são sangue do nosso sangue e nos compreendem e mimam como ninguém, é bom rever pessoas que só vemos de vez em quando e os amigos deles, velhos conhecidos...Mas esta história de juntar muita gente num espaço durante alguns dias tem muito que se lhe diga!

Concentro-me novamente nas nuvens, mas vem-me à memória a ultima e mais freca noticia de familia...

Uma das primas mais novas (que ainda se encontrava naquela fase de estuda não estuda, acaba não acaba a faculdade...) a completar esta semana mais uma primavera na casa dos 20 e poucos, tomou uma decisão de mudar de vidinha ao decidir juntar os trapitos com o namorado de pouco mais de 1 ano. Os dois acabam de alugar uma casita nos arredores de Paris e preparam tudo para tornar mais apetitoso o seu ninho de amor...

Fiquei feliz como é obvio (ela é praticamente minha irmã mais nova, sempre muito chegada e muito dada, passando momentos de férias em minha companhia quando era criança), e apressei me a congratula-la e a desejesar-lhe o melhor....

Mas esta noticias deixou-me algo pensativa... na altura mordi o lábio nervosamente e brinquei com o facto de ser o "ultimo dos moicanos", a resistente que teima em permanecer em casa dos pais. Os que não estam casados ou juntos, estão independentes, têm a sua carreira, a sua casa, solteiros ou com namorados, estão independentes e levando a vidinha alegres e contentes!

Chega-se a brincar comigo e com esta questão de ser um a espécie de tudo em 1...a sem emprego, sem casa propria, sem carro e sem namorado...grrrrrr!

Coriosamente dei por mim a afastar a ideia e a despreocupar-me do não ter namorado, mas a ficar anciosa com a ideia de não conseguir sair de casa dos pais, começa a fazer-me "fronecoques" na tola. Chego-me a sentir pior que a Miss Bridget Jones, tirando a parte do alcool, dos cigarros e do sexo desenfreado com o Daniel Cleaver....hmmmm?!!! Como um tal fantasma do passado..."sem sexo, cigarros e alcool, não podes mesmo ser a Miss Jones!!!"

E não é que ele até tinha a sua razão...Duhhhh amigo! Duhhhh...olha olha....duhhhh (e agora imaginem-me qual puto de 5 anos a fazer aqueles salamaleques enquanto digo isto). Pois nessa parte até tens razão, mas a personagem da Miss Jones tem tudo a ver comigo...senão vejamos: mulher "rexonxuda", desajeitada, trapalhona, solitáriamente solitária e com o sindrome do patinho feio, insatisfeita com a vida e com os homens e com uma familia de loucos...especialmente a mãe que passa os dias a tentar arranjar-lhe marido!

Tcharanzeeiiiiii.....Sou eu! "Hmmmm???!!! Mas espera...."(penso para comigo) esta parte até pode ter o seu interesse, desde que ela me arranje um Marc Darci assim tão jeitoso, bem posto, bem de vida, culto, capaz de me satisfazer todas as minhas "madurezas"... Até que não me importava nada mesmo nada, que fosse um tanto ó quanto sério e usasse uma camisola com uma rena de nariz vermelho...

O que uma mulher se sujeita!!! Adiante....

Estou a ficar realmente farta desta vidinha. Tento levar tudo na descontra, passei a semana ajudar com os trabalhos de arrecadar lenha para dias mais frios, limpar o pinhal do lixo que as pessoas vão deitando, dos restos secos e velhos das arvores e bati o recorde de elr um livro de uma enfiada em pouco mais de 2 dias, ora acompanhada de uma chávena de chá ora de uma macheia de M&M's que alguém me trouxe do lidl entretinha-me nos momentos a que a minha mãe gosta de chamar sabáticos...

Terão a ver com o meu gosto por Black Sabath??!! Hmmmm...foi só um aparte!!!  

Mergulho no mar de suposições para ver se descobro a solução mágica, o estalar de dos ou os pozinhos de perlimpimpim que me façam sair deste marásmo. As respostas aos anuncios parecem não surtir efeito e os meus pedidos de candidaturas expontaneas teimam em não ter resposta! Oh Life...Quero dar o salto, sair daqui, deixar para trás o que vivi...I Want a Life!!!

Ai...(suspiro longo e profundo) tenho mesmo que mudar de vida!

E se meter um anuncio no jornal ?!?!?! Seria algo do género...

Vida Procura-se!

Mulher determinada procura vida própria!

Terá que ter as seguintes condições:

Emprego - estavel, que dê vontade de acordar cedo todos os dias, onde possa usar o cérebro e todos aqueles conhecimentos que adquiriu ao longo de vasta vida académica, e com equipa de trabalho que de provas de não futilidade!

Casa - poderá ser apenas um T3 confortavel, espaçoso q.b., minimamente acolhedor e totalmente disponivel para sofrer alterações e extravagâncias desejadas.

Carro - modelo urbano, económico e facil de manusear.

Requisito opcional - Homem - Condição opcional de menor importância, contudo com alguns requisitos minimos...mais de 1,75m de altura, QI a dar para o alto e que consiga passar pelo menos 30min sem pensar ou pronunciar a palavra sexo várias vezes.

Oferece-se: quebra de rotina diária, humor, diversão, comida italina, muito ICE TEA, musica da pesada com fartura e a dar po lamexas também, simpatia, muita tagarelice e tranquilidade!

Favor enviar CV e respectivas fotos e plantas!!!

Oh Life...I want a Life!!!!

 

Beijos a todos os que me deixaram comentários e que me visistaram estes dias...desejos de uma excelente semana e cuidado com a chuva!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 17:40
sinto-me: Mandando Cv's...
música: Hard Rock Haleluja---Lordi

Novembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO