Round and Round in Circles Over Life...

22
Fev 06

balletshoes.jpg

Hoje acordei de "cara fechada" como sempre!

Tenho um péssimo acordar...

Ainda assim acordei bem disposta, como o dia...sorridente e bem disposto. Apetecia-me sair, viajar, fugir para um lugar diferente...mas a razão continua a dizer: "Paty esforça-te mais, toca a arregaçar as manguinhas e vá de mandar curriculos!!!". Bah...estou farta de mandar respostas a anuncios e nada! Mesmo assim não me deixei abater...mais um contacto, mais um curriculo...vamos ver no que dá!

Confesso que estava mesmo bem disposta...

Acordei com um sentimento de liberdade, leveza, tranquilidade. As coisas andam de pantanas e eu tento juntar as peças...não tem sido facil, reencaminhar a minha vida e seguir em frente, mas estou finalmente a ganhar alento e vontade de lutar.

Estou a ganhar consciência de muitas coisas, estou a perceber o porquê de ter acontecido tudo o que aconteceu...primeiro com o Chris H., depois com o emprego...estou sem dúvida a crescer! Procuro acima de tudo paz e tranquilidade, quero me encontrar, quero perceber o que há mais em mim que o olhos do comum dos mortais não consegue alcançar...

Quero voar...

O dia acordou bonito, apesar do frio, havia um brilho diferente...na rua andar contra o sol e sentir aquele quentinho sabia bem! Passei o dia entre os curriculos e a música da Radio do Chris H. Mantê-lo vivo de qualquer forma, ajuda-me a não esquecer que também existiram coisas boas, ajuda a manter o amor e deixar de procurar ódios para o silêncio e para a distância. Aos pouco começo a arrumar esta história toda numa caixinha do armário das emoções.

Esta é diferente...

É como a caixa de pandora...uma caixa de música, que encerra o melhor e o pior do amor. Agora mais que tudo existe uma saudade, saudade boa de um amigo especial que ficou pelo caminho, um amigo que apesar de tudo merece o meu respeito, que se calhar me conhece melhor do que ninguém, mesmo nunca ter chegado a lado nenhum...

Hoje consegui novamente sorrir com algumas recordações boas, em vez da lágrima teimosa e presistente (que aparece sempre que nele penso), sorri e ri muito deste rapaz com voz de  mel, com quem partilhei conversas tão...tão...Hoje dancei sozinha, rodopiei, cantei juntamente com as musicas e esqueci a rotina e o marasmo do dia.  

Lentamente a minha vida vai entrando nos eixos, tudo vai indo ao seu lugar...falta-me o emprego para continuar a trabalhar, para juntar uns carcanhois...e viajar! Quero viajar, preciso, desejo...viajar, viajar, viajar! Andar de mochila às costas, de mapa na mão, enganar-me no metro, sentar-me numa escada qualquer e olhar as ruas, as pessoas, a paisagem...

Recosto-me na cadeira e suspiro...

Este entusiasmo todo às vezes não é nada bom...depois o tombo é grande Paty! Mas tenho que ter alento, tenho de ter fé e olhar em frente...

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 23:06

Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
17
18

20
21
23
24

26
27


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO