Round and Round in Circles Over Life...

12
Set 06

This is me...this is who I am...

A million little pieces of hope, fun, joy, drama and dreams!

Para o bem e para o mal é isto que sou...uma mulher insatisfeita, incorformada, uma mulher que procura o seu caminho, o lugar, a missão que a trouxe até aqui...

Reinventar-me soa-me tão bem e tão complicado ao mesmo tempo...as opiniões divergem! Uns dizem que é algo que vai acontecendo, outros que é algo radical que acontece de subito, mudanças quase impreceptiveis que vão acontecendo e que aos poucos vão mostrando alguém diferente e renovado.

Estou numa fase estranha...

Nem positiva, nem negativa...porém com um sentimento de inconformidade, de estar inadequada onde me encontro, de sentir-me parada, presa, acorrentada a uma situação que não me agrada nada.

O meu pai outro dia disse-me algo que me fez gelar a alma: "Andas cadaz vez mais amarga..."

Ele tem razão...é um facto. Não consegui recuperar bem de desilusões sucessivas...está a ser dificil voltar a não estar de pé atrás com tudo e com todos, está a ser dificil aceitar que estou parada sem conseguir emprego, é dificil ver-me sem poder ser independente, sem ter de olhar para a conta do banco como o ar que me resta para sobreviver mais uns dias, meses...sei lá!

As oportunidades de emprego são poucas, ultimamente tive uma proposta, e apesar de não ser algo assim especial ou que me entusiasmasse muito, era algo que gostava de tentar...estava quase certo, ficaram de me ligar a cerca de uma semana atrás...nada!

Estou farta deste chove não molha...

Estou farta de ouvir recusas, de ser excluida por ter formação a mais, por ficar à espera e nada...

Estou na fase do nada!

Encaro as coisas pela positiva, vou respondendo a anuncios, vou tentando outras coisas, mas já nem paciência para isso eu tenho...estou numa de deixar andar!

Sim já para não falar na questão de ter ou não namorado, parceiro, whatever...

Há pessoas que se preocupam demais com a minha vidinha afectiva, que mania que têm de me querer arranjar marido, amante, namorado, sei lá à força...

Não quero! I'm out of love...sem paciência para me envolver, passar outra vez por toda a lenga lenga do chove não molha...para depois não chegar a lado nenhum! Realmente é com os erros que se aprende, e sem dúvida que não volto a gostar de alguém da mesma forma!

Mas depois...

Depois tenho aqueles dias em que acontecem coisas estranhas...que sou traída pelo coração e por esta cabecita xoxa e tenha mais um daqueles sonhos em que me é revelado algo...traz-me à memória alguém....outros dias em que sinto a falta de um simples ombro amigo, só isso um amigo que me aturasse, que me ouvisse e me estendesse os braços onde eu pudesse simplesmente sentir o calor de um abraço...

Somebody to love...

As preocupações agora são muito maiores...as emoções, as paixões, os amores ficam para segundo plano.

Este impasse deixou-me espaço para ir passar mais uns dias a sul e outros ao campo, familia e mais familia....dose de cavalo para não me esquecer que eles também têm problemas, também me dão força e ajudam a continuar. Rever familia e amigos de familia tem os seus inconvenientes, mas também as suas vantagens...

Acabo por compreender que todos têm algo de se lamentar, todos vivem com a máscara do "está tudo bem", mas no meio lá vai escapando um e outro segredo ou lamento....

E eu sou cada vez mais como o mar...sou de marés, ora está calmo e tranquilo, maré baixa, com ondinhas pequeninas, ora está levante, ondas grandes violentas, cheias de força, batendo com a fúria de dias mais cinzentos...

Também estou mais calada...tenho preferido ficar mais reservada, do que arriscar-me a dizer asneiras, ser mal intrepretada, enfim...

Agora ando entretida a pensar no projecto de fotografia que ficou no ar no final do mês de Julho passado, tenho tido algumas ideias, tenho uma apresentação para fazer e isso tem me ocupado...

Isto hoje não faz sentido pois não....???!!!

Que tola que pareço, que post tão teenager, tão idade do armário...novamente o meu pai ás vezes diz: "só te falta fazeres como o outro...aiiii não sei se....não sei se...aiiii!!!"

Beijos a todos e obrigado pelos comentários, pela amizade, pelo carinho!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 21:23
sinto-me: Cansada e com sono...

4 comentários:
"Andas cada vez mais amarga". A frase do teu pai ecoa na minha cabeça! Tenho medo disso: de ficar amargo, da vida me moldar exactamente no sentido contrário do meu principal traço actual - o excesso de sensibilidade! Queria encontrar um meio termo mas, ao ler-te, percebi que o meio termo é precisamente essa fase do NADA!

Isso assusta-me e por isso percebo-te perfeitamente!

Aquele beijinho
SerEU a 13 de Setembro de 2006 às 13:18

Assusta realmente...mais ainda quando me aprecebo que já o fui no passado e retornei ao mesmo ao invés de evoluir! O excesso de sensibilidade já é algo que nasceu comigo, já me têm dito que sou muito boa pessoa, que primeiro enxergo com os olhos do coração e depois quando as coisas acontecem é que vejo realmente a realidade...
O meio termo é uma busca constante...
Beijus

Paty,
Se és uma mulher que se sente insatisfeita, incorformada, e à procura do seu caminho, isso já é um sinal muito positivo, porque o principal problema é quando as pessoas se acomodam a determinadas situações. O que me parece, é que estás a viver uma fase tipo... limbo, mas não te esqueças que como o significado da palavra diz, se é um limbo, é porque estás em fase de transição, e acredita que só pode ser para melhor.
Fica bem.
Beijinhos.
Art Of Love a 14 de Setembro de 2006 às 00:50

Art,
Disseste muito bem...estou na fase do limbo! Eu e o Universo decidimos brincar ao ping pong a ver quem ganha, e não está a ser nada fácil...
A fase de transição como tu disseste e muito bem, está a dar cabo de mim e parece interminável...só desejava paz e sossego, que por uma vez tivesse uma mão cheia de um pouco de tudo: saude, trabalho e amor...
Parece que vou ter que continuar...
Beijos e obrigado pelo carinho!

Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
15
16

17
21
22
23

24
25
27
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO