Round and Round in Circles Over Life...

19
Jul 06

 Pé ante pé...de mansinho,

como um golpe fresco de ar

trouxe consigo um sorriso,

ensinou-me a amar!

Devagar, devagarinho...

a paixão se instalou,

e o mundo quieto e tranquilo...

para sempre se transformou!

Quero sentir o teu calor,

em troca de amores perfeitos...

coisas simples como carinhos,

loucuras selvagens e beijos!

Boca sedenta,

sabor a mel e morangos...

cheiro a sexo e flores,

mãos sedentas de desejo!

Perder medos e vergonha,

olhares intensos de paixão...

dizer-te que és tudo na vida,

lágrimas felizes...emoção!

***

Quero ver o sol nascer em ti,

fundir-me no teu beijo...

perder-me no desejo,

naufragar dentro de ti!

Quero esse teu corpo quente,

sentir teu amor ardente...

numa manhã fria de inverno,

viver cada dia por um fio...

aceitar o desafio,

dizer-te que é eterno!

 

Estes são excertos de alguns poemas que em tempos escrevi. Linhas dedicadas a alguém que outrora esteve presente, que hoje não está mais, mas alguém que me mostrou o meu outro lado, alguém que fez desabrochar em mim, a mulher que se escondia por detrás da menina tímida...E como ele dizia sempre, estes poemas não são para esconder ou guardar na gaveta...são sim para partilhar!

E para vos qual é a lição que fica depois de uma relação que acaba?

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 14:04
sinto-me: Sexy...
música: Journey - Don't Stop Belivin'

20 comentários:
Ahh já percebi...
Gostei do FOGO DE LEÃO... essa música no nosso Estádio arrepia imenso não arrepia? É fogo de LEÃOOOOOOOO

Agora a sério, "a vida é como um jogo" mesmo. Obrigado por teres tatuado aquelas palavars no meu blog. Vou tentar "SerEU" sempre, pelo menos ali naquele espaço. Ali serei, simplesmente, um gajo que curte gajos mas que é fanático por bola e de apanhar umas bubas! Mas serei também muito mais...

Em relação ao teu cantinho, sinto-me bem aqui junto de alguém que dá sinais claro de tolerância. Gosto de ler o que li, gosto de sentir o que senti. É esta a magia da blogosfera...

O que fica de uma relação? Ficamos nós, necessariamente diferentes!

Beijinhos grandes
Continua a passar por lá que eu faço questão de semear-me aqui!
SerEU a 19 de Julho de 2006 às 18:18

SerEu,
Antes demais, se mt bemvindo! Obrigado pelas palvras tão simpaticas. Sou uma leoa a dobrar....sou de coração e de signo, está-me no sangue. Mas sou má leoa, pois ainda nunca vi ao vivo um jogo dos leões...Shame on me! Mas os melhores concertos na minha vida...foram la em alvalade!
A magia da blogesfera é podermos conhecer gente fantastica, que mostra aquilo que geralmente as pessoas não veem a partida...
Aqui não ha sexo, religião, clube, partido ou opção sexual que impeça a troca de ideias, de pensamentos, a troca de palavras...
E vais ver que a escrita vai ser um excelente meio para te encontrares,. para te equilibrares...
Beijos gds

Querida amiga,
para mim, o que ficou depois de um casamento desfeito foi apenas decepção e frustação! mas claro que tudo depende da forma como as relações terminam pois também mantenho contactos com antigos namorados de quem não guardei más recordações. Mas assim é vida, assim vamos amadurecendo e aprendendo a não repetir os mesmos erros...
Parabéns pelo poema, é lindo e deixa transparecer a tua alma, o teu estado de alegria, na altura. Gostava de te ver assim tão feliz HOJE!!!!
Obrigada pelas tuas palavras no meu cantinho, e sim, deste-me sorte!!!!
Beijocas, fica bem!
"porquê?"
Anónimo a 19 de Julho de 2006 às 22:57

Minha querida,
E sempre tão bom as palavras que me deixas...
Pior do que um amor falhado, será um casamento desfeito...isso nao haja duvida. Mas ha males que vêm por bem e tenho certeza que tudo acontece na vida por um motivo. Fico feliz por de alguma forma as minhas palavras e pensamentos te tenham dado sorte, tento canalizar boas energias para as pessoas qd noto que algo n está bem. :)
Eu estou bem...não estou feliz porque ha muita coisa que ainda não juntei as peças, mas estou bem! Estou a pensar mais em mim...
Beijos e continuação de td de bom na tua vida!

Olá! uau...digo-te muito sinceramente que o que escreveste está muito bom! Espero que recuperes a inspiração se algum dia a perdeste e não está desde sempre, dentro de ti...;)

Hum...o que fica dp da relação? tanto. Acho que não há nada mais rico que a relação com outra pessoa. é uma aprendizagem tão profunda...Por exemplo, eu por mt romantica que seja, por falta de prática talvez, era pco sensível a abordagens mais subtis até que alguém me fez ver que a minha frieza em determinadas situações podia magoar quem gostava de mim e se tentava aproximar. Fizeram-me ver isso...e embora de vez em quando eu ainda meta a pata na poça, sei ver melhor quando posso ou não estar em risco de magoar alguém...aprende-se tanto dp de uma relação...e aprende-se para a vida!
beijinhos
Carol a 19 de Julho de 2006 às 23:15

Carolzinha,
Obrigado linda pelas palavras. A escrita é algo que já vem de ha muitos anos...tenho alturas de maior inspiração, a vida e os acontecimentos tb ajudam ne!
E verdade as vezes magoamos sem saber...e perdem-se oportunidade de ser feliz! E mais uma lição que temos de aprender!
Beijinhos

Olá Paty,

Para já gostei do poema, do sentimento e das imagens transmitidas.

Para mim tudo na vida serve para deixar lição, são inúmeros os ficheiros que entram na nossa mente, minuto a minuto.

Até as relações que falham, sem que fosse esse o nosso desejo, nos ensinam alguma coisa, para não dizer, muita mesmo.
E depende de imensos factores, como por ex, a nossa forma de encarar as coisas.
Uma vantagem por exemplo para ti foi precisamente esse despertar da mulher que és, acontece mais tarde ou mais cedo, e os primeiros marcam sempre por isso. Mas se acabou é pk de alguma forma, não estavam em sintonia, e sendo assim é bom enquanto dura, pk tudo tem um fim nesta vida, né mesmo.

Bom mesmo, para mim, é o acumular de experiencias, não sou a mesma que era ontem, e gosto disso.

Bem, não me estendo mais,

Beijocas

Manefta

Manefta a 19 de Julho de 2006 às 23:56

E bom sentirmos que podemos aprender com essas experiências...e apesar de o final de ter sido pacifico ou como eu queria, aquela pessoa ensinou-me muito e isso nao da para esquecer.
Beijos Manefta e obrigado pelas tuas palavras.

Olá menina azul :),

gostei muito do poema. Quanto à questão que deixaste no ar...bom confesso que não tenho grande coisa a partilhar contigo. Talvez seja uma daquelas felizardas, em que as relações que acabaram e quando acabaram...foram de uma forma relativamente facil para mim ultrapassar. A lição...todas as que todos os dias fui aprendendo enquanto durou e depois, acima de tudo que a vida é em frente...

Beijossss
PrincesaVirtual a 20 de Julho de 2006 às 13:04

Princesa,
Obrigado e ainda bem que as minhas palavras lhe agradaram. Realmente nem todas as pessoas têm relações felizes ou duradoras...e sim sem dúvida que és uma sortuda! :)
Confesso que para mim é dificil apegar me as pessoas e depois sofrer gds tombos...custa me imenso!
Beijus

sua douda..saudável.

lições? !!?!só uma? ?!?!?credo....são sempre tantas...não ha relaçoes iguais, muito menos pessoas.

bj
mokomaori a 20 de Julho de 2006 às 19:14

Mokito,
Douda? Axas...
Eu quando escrevi isto axei tão tão parvinha tão sem sal...lololo! escrevi tb outras coisas...axo que essas têm de ser censuradas!!! Ihihihihihihihhihi

Beijus

Olá Paty!
O poema é muito bonito, transmite inocência, pureza, juventude...
Em relação à tua pergunta posso dizer que fica sempre algo de bom, é com os erros que aprendemos. Custa um bocadinho, mas depois passa. O sofrimento traz maturidade, isso já eu aprendi.
Beijo
gina a 20 de Julho de 2006 às 20:32

Olá Gigi,
Tens toda a razão...o sofrimento traz maturidade! Eu é que desejava que desta vez tivesse mais de pureza, inocencia e juventude e menos de drama e lágrimas. Esta quase no passado...;)
Beijos

Deve variar muito de pessoa para pessoa, de relação para relação. Mas deviamos sair de uma relação mais fortes, mais inteligentes, mais conscientes de nós próprios. Melhores pessoas. Daviamos...

(A calma começa a instalar-se. Bj.)
rui a 21 de Julho de 2006 às 10:40

Deviamos...ne?!
Consciente de mim...sem dúvida? Inteligente não sei porque não consigo apagar as memórias de algo tão doloroso...mais forte também não....mas mais amaga talvez!
Ainda bem que a calma está chegando! A minha energia e pensamentos positivos continuam comvosco e com o pequenote...Não tarda vais mais é te queixar que tens a cabeça em àgua pk o maroto não pára quieto, corre que nem um louco...:D
Beijos a todos

Gostei muito do poema. Muito mesmo. Está simples e ao mesmo tempo profundo. Consegue transmitir uma complexidade de sentimentos e emoções de uma forma que até faz parecer que amar é fácil.
Em relação ao que fica de uma relação. Olha, sinceramente não sei. Infelizmente as minhas relações não chegam a merecer esse nome, pois acabam ainda antes de começar. Mas uma coisa é certa, à medida que elas vão acontecendo vamos ficando mais maduros, mais consciente do que queremos. E certamente que vamos aprendendo a evitar os erros que cometemos anteriormente... ou talvez não.
Beijinhos
Angel a 21 de Julho de 2006 às 19:35

Querida Angel...
Junta te ao Clube! :)
O teu dia chegará e vais perceber que apesar de tudo valeu a pena esperar :)
Beijinhos linda e obrigado por tuas palavras!

sim senhora,bonita inspiração,tens de nos presentear com estas belezas mais vezes.........................estamos á espera.......



de uma relação fica sempre alguma coisa,no meu caso aprendi que por vezes coisas sem sentido para nós podem magoar.........mas acho que se muda sempre para melhor,pois aprende-se com os erros,né?! beijinhos e um bom inicio de semana....
estrelinha perdida a 24 de Julho de 2006 às 09:48

Estrelinha,
prometo presentear vos com mais inspiração minha :)
E concordo contigo sim...aprende-se imenso com os erros!
Beijinhos

Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

16
18
20
21
22

23
25
26
27
29

30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO