Round and Round in Circles Over Life...

22
Mar 06

19:00...

Ontem foi dia de aula como de costume. Apanhei o belo do cacilheiro e lá fui eu esticar as pernitas até Lisboa. Gosto de atravessar o rio (apesar de odiar andar de barco), o esforço que faço para não pensar que estou a baloiçar, no meio do rio, num barco mal cheiroso, leva-me sempre para devaneios...e ontem pensei sobre mim.

Há quem me considere uma miúda às direitas, daquelas que já não se fazem mais, o molde da fàbrica partiu, ou ficou esquecido por aí algures. Tenho algumas coisas a que gosto de chamar manias, sei lá traços de personalidade, que já me fizeram pensar que sou uma "bota de elástico", daquelas bem velhas...

Gosto de agradecer, de pedir por favor (de sorrir quando o faço)..."i wonder where this commes from?". Não gosto de ser incorrecta, de confusão, gosto de manter o respeito e uma certa compostura e quando tenho em mãos responsabilidades, pois cumpro o meu papel à risca e tento estar sempre à altura.

Mas para além desta compostura toda, para trás desta barreira, deste espartilho..."there's a wildflower". Ora bem, não é à toa que me chamam o 8 ou 80, não é verdade!...Da mesma forma que sou assim "britânica e muito polida" (lololo) consigo ser a mais trapalhona, a mais desastrada, a mais fala barato...a mais mais! Tenho um sentido de humor um tanto britânico, gosto de uma boa private joke, de rir estridentemente em alto e bom som...gosto de perder a compostura num bom concerto (que digam os seguranças dos Testament lololo que entre uma foto e outra olhavam para mim de braço no ar com um up the irons e aos berros, e ficavam apatetados); gosto de ir a um jogo de futebol e xingar tudo o que arbitos, jogadores, pacovios, gosto de gritar pelo meu clube e fazer ...uhuhuhuhhuhuhuhu (lololo), gosto de saidas de gajas, ir ao cinema e comer um balde enorme de pipocas, ver comédias cor de rosa, vegetar no sofá, fazer zapping até ficar com dor nos dedos...

Mas também sou muito negativa, péssimista, dramática...com muita falta de confiança em mim e nas minhas reais capacidades!

E è precisamente isto que estou a tentar mudar! Apesar deste ínico de ano meio estranho, atribulado e algo confuso estou numa de deixar fluir o tempo, de ter calma, manter a cabeça no lugar e olhar para um futuro mais positivo. Sozinha ou não, com emprego ou não, estou a aprender a olhar mais para mim, a gostar daquilo que sou e não ter vergonha de perder a compostura e dizer aquilo que não me satisfaz...

Uma coisa é certa...

Estou a mudar! :D

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 21:49
sinto-me:

Março 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
17

19
20
25

26
27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO