Round and Round in Circles Over Life...

25
Abr 06

"CAIU O GOVERNO! CAIU O GOVERNO..." 

Quase aos tombos pelo corredor fora, gritou o meu avô, após ouvir a noticia no rádio.  Recentemente casados os meus pais moravam no R/c do prédio do Alto de São joão, mesmo por baixo dos meus avós maternos. O meu pai meio confuso com tal "grito de ipiranga", acorreu a perceber o que se passava...havia uma revolução!

A notícia deixou-os meio preplexos, cheios de incertezas, mas ao mesmo tempo um sentimento de excitação e de vontade que o golpe de estado íniciado pelos Capitães de Abril, trouxesse finalmente a liberdade para o nosso país...

Do outro lado do rio, os meus avós paternos temiam o pior. Os meus tios na altura estudantes universitários, tinham saído de manhã cedo para as aulas em lisboa...um certo pânico, medo de que os militares íniciasse um conflito armado, deixou-os bastante preocupados. O meu pai saiu pelas ruas à procura dos irmãos...

A minha tia conta que as pessoas passeavam livremente pelas ruas...todos queriam fazer parte da revolução, a escuridão estava a terminar, ouviam-se palavras de ordem, movimentações estranhas, uma incerteza e confusão gerais...

Desde miúda que estas histórias se repetem vezes e vezes em conta...

A liberdade foi algo que ensinaram, foi algo que os meus avós, os meus pais me descreveram como uma preciosidade...tantos anos e sofrimento, de opressão, de viver escondido, de trabalhar lado a lado com membros da PIDE, que a qualquer instante podiam iniciar uma denuncia (muitas vezes falsa) e persseguir alguém que não seguisses as ideias do regime...não havia o que há hoje!

Hoje em dia os miúdos não sabem o que é não existir um par de calças de ganga, não existia coca cola, os livros e filmes eram severamente censurados...imaginem terem que estudar os lusiadas estando o livro sujeito a censura??!! Havia uma lista de livros proibidos, certas músicas eram proibidas, os putos não podiam jogar a bola na rua que vinha o policia logo para os pender...

Imaginem como seria??!!

Gosto muito da liberdade que temos, gosto de ser livre e não viver com medo de amanhã ver o sol aos quadrados...mas tenho que confessar que as pessoas que passaram por aquilo que os meus pais, tios, avós passaram hoje dão outro valor às coisas...eles sim sabem saborear a liberdade como ela tem de ser!

25 de Abril Sempre! 

 

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 14:10
sinto-me:
música: Grandola Vila Morena - Zeca Afonso

Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

18
20
22

24
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO