Round and Round in Circles Over Life...

25
Abr 06

"CAIU O GOVERNO! CAIU O GOVERNO..." 

Quase aos tombos pelo corredor fora, gritou o meu avô, após ouvir a noticia no rádio.  Recentemente casados os meus pais moravam no R/c do prédio do Alto de São joão, mesmo por baixo dos meus avós maternos. O meu pai meio confuso com tal "grito de ipiranga", acorreu a perceber o que se passava...havia uma revolução!

A notícia deixou-os meio preplexos, cheios de incertezas, mas ao mesmo tempo um sentimento de excitação e de vontade que o golpe de estado íniciado pelos Capitães de Abril, trouxesse finalmente a liberdade para o nosso país...

Do outro lado do rio, os meus avós paternos temiam o pior. Os meus tios na altura estudantes universitários, tinham saído de manhã cedo para as aulas em lisboa...um certo pânico, medo de que os militares íniciasse um conflito armado, deixou-os bastante preocupados. O meu pai saiu pelas ruas à procura dos irmãos...

A minha tia conta que as pessoas passeavam livremente pelas ruas...todos queriam fazer parte da revolução, a escuridão estava a terminar, ouviam-se palavras de ordem, movimentações estranhas, uma incerteza e confusão gerais...

Desde miúda que estas histórias se repetem vezes e vezes em conta...

A liberdade foi algo que ensinaram, foi algo que os meus avós, os meus pais me descreveram como uma preciosidade...tantos anos e sofrimento, de opressão, de viver escondido, de trabalhar lado a lado com membros da PIDE, que a qualquer instante podiam iniciar uma denuncia (muitas vezes falsa) e persseguir alguém que não seguisses as ideias do regime...não havia o que há hoje!

Hoje em dia os miúdos não sabem o que é não existir um par de calças de ganga, não existia coca cola, os livros e filmes eram severamente censurados...imaginem terem que estudar os lusiadas estando o livro sujeito a censura??!! Havia uma lista de livros proibidos, certas músicas eram proibidas, os putos não podiam jogar a bola na rua que vinha o policia logo para os pender...

Imaginem como seria??!!

Gosto muito da liberdade que temos, gosto de ser livre e não viver com medo de amanhã ver o sol aos quadrados...mas tenho que confessar que as pessoas que passaram por aquilo que os meus pais, tios, avós passaram hoje dão outro valor às coisas...eles sim sabem saborear a liberdade como ela tem de ser!

25 de Abril Sempre! 

 

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 14:10
sinto-me:
música: Grandola Vila Morena - Zeca Afonso

23
Abr 06

Sexta feira foi novamente dia de aulitas de fotografia...

Desta feita tinhamos então uma menina!

A "Maria" chegou 5 min. antes da sessão,  demorou-se mais de cerca de 30min. a por o seu fatinho e a camisinha a condizer e mais a bela da "makeup"...e por volta quase de uma hora depois começamos finalmente a fotografar...

Risada total!

A garota  não tinha mais do que os seus 22 anitos, alta (demais até) esguia, o cabelo rebelde, longo e cheio de caracois...loira! Os olhos cor de mel a dar para o castanho e um sorriso bonito...

Era realmente fotogénica e "dava pica" fotografar!

Primeira vitima...um colega claro!

Haviam de ver como os meninos (homens feitos e comprometidos para dizer a verdade) se derretiam...

Aquilo é que foi fotografar...ninguém tava desinteressado

É tão engraçado observar os homens no seu estado....ihihihih

Imaginem como seria se tivesse sido a Claudia...??!!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 22:16
sinto-me:

21
Abr 06

Com este sim...tinha muitas ideias para fotografar!!!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 16:05
sinto-me:

19
Abr 06

Já vos contei da minha mania das fotografias??!! É bem provavel...

Ora ontem foi dia de aulitas! Terças e Sextas são sagradas...em vez de ir correr numa passadeira num ginásio, ou outra coisa qualquer, lá vou eu para o coração do bairro alto juntar-me com os aficcionados da fotografia! É um grupo simpático e corioso...

Neste momento estamos em aulas práticas, estamos no modulo de fotografia de estúdio e para tal precisamos de fotografar alguém. "Assim como assim"...a coisa assemelhaça-se aquelas fotografias que faziamos quando eramos pequenos, aqueles belos retratos que os avós tinham a mania de fazer dos netos, com fundos sempre muito pirosos e tal.

Aqui a coisa muda, é tudo muito profissional...

Não é coisa que goste muito mas...

Isto para vos contar que ontem tivemos a primeira sessão com modelo! O professor fez a sua introdução, alertou-nos para algumas especificidades técnicas e disse..."Bom! Vamos então preparar o estúdio o Manuel (nome falso agora inventado por mim) está aí a chegar..."

Trimmmmmmmmm.... (a campaínha...o pessoal rebolava os olhos em direcção uns dos outros, na espectativa de quem viria lá).

"Boa noite!" - ouvi uma voz.

"Fuogo...mas obe lá este é o que é o modelo??!!" Pensei para mim mesma...

Perante a turma, apareceu uma pequena figura (pequena salvo seja...mas também não era nada alto), um rapazito imberbe com a barba mal semeada, que não deveria ter mais de 20 ou 21 anos. Simpático q.b. pouco falador, trazia um look desportivo e um look mais clássico para nós o fotografarmos. Ele estava mais à vontade do que nós...

Como já não era a primeira vez que fotografava modelos, pensei que era canja...mas confesso que o facto da turma estar toda em silêncio, o rapazito não ser mais descontraído e o aparato todo das luzes, me deixaram pouco á vontade quando foi a minha vez de ter o "mano a mano..."

Hoje dei por mim a pensar...

"Imagina ó minha grande croma se te aparecia o Afonso Vilela, ou o Joaquim, ou ainda um dos manos Guedes...??!!"  

Tenho a certeza que ideia não me iam faltar...e muito provavel seria fazer umas fotos de roupita de verão, a modos que dias de muito calor, quando dá vontade de mostrar a peitaça e ver os abdominais bem definidos... lololololo (esta agora não me ficou nada bem!)

Até os punha a fazer o pino...

Anyway no fun! Sexta feira é a vez de termos uma menina...espero que não seja muito loira e que não seja preciso explicar-lhe tudo como se ela fosse muito burra...

 

P.s. Alguém me explica como é que ponho fotos nesta treta??!! Grrrr...

 

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 18:15
sinto-me:

17
Abr 06

Duas horas de viagem deixam-me sempre de rastos...

Meti a chave à porta...larguei as malas no corredor, corri a casa toda ara abrir as janelas, levantar os estores e deixar o sol entrar...que cherinho ao meu Algarve!

Apesar do corpito moído, peguei na chave e rua...

A praia é a 500m, um saltinho até ao mar, o meu canto, o meu refúgio...

Desce a rua a passos largos. Está cada vez pior esta terra (penso para comigo), é só casas e mais casas...já nem há vestigios da pequena terinha de antigamente.

O mar...

Chego ao fim da rua...o paredão continua na mesma, a praia continua pequena e cheia de rochas...o sol inunda-me!

"Olá meu amigo!" digo-lhe secretamente... "Olá meu companheiro, meu confidente!"

Inspiro fundo, aquele cheiro a maresia...o barulho das ondas, o sentimento de finalmente paz!

Desço as escadas até à areia...ainda está gelada, os dias ainda não estão suficientemente quentes para estar calor. As ondas beijão-me os pés em sinal de boas vindas, caminho com o olhar colado no horizonte e o coração a pensar no futuro...

"Quero virar a página definitivamente meu amigo! Quero esquecer que um dia amei, que um dia me entreguei a quem não devia...leva estas lembranças, leva contigo aquilo que já não me faz bem...!" O sol brilhou, como que sorindo e dizendo que finalmente o dia havia chegado...

Fechei os olhos, senti aquele calorzinho aquecer-me as bochechas e invadir-me de uma alegria que não sei explicar...

Hoje é o primeiro dia do resto da minha vida!

Since U Been Gone

(Written by Martin Sandberg/Lukasz Gottwald)
Published by Maratone administered by Zomba & Kasz Money Publishing (ASCAP)

Here’s the thing, we started out friends
It was cool, but it was all pretend
Yeah yeah, since you been gone

Dedicated, you took the time
Wasn’t long till I called you mine
Yeah yeah, since you been gone

An all you’d ever hear me say
Is how I picture me with you
That’s all you’d ever hear me say

But since you been gone
I can breathe for the first time
I’m so moving on
Yeah yeah
Thanks to you, now I get what I want
Since you been gone

How can I put it, you put me on
I even fell for that stupid love song
Yeah yeah, since you been gone

How come I’d never hear you say
I just wanna be with be with you
Guess you never felt that way

You had your chance, you blew it
Out of sight, out of mind
Shut your mouth I just can’t take it
Again, and again, and again, and AGAIN

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 13:55
sinto-me:
música: Since U Been Gone! Kelly Clarkson

16
Abr 06

DONE! The Big decision is finally done!

The End!

Este é o primeiro dia do resto da minha vida....

 

 

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 20:58
sinto-me:
música: Goodbye my lover... James Blunt

14
Abr 06

"A fase mais negra já passou!" disse à dias em tom de brincadeira...

Hoje acordei com um nó na garganta, um sufoco, uma falta de ar, uma vontade de chorar. Pensava que tudo já tinha passado, que agora era sempre olhar em frente...mas parece que me enganei! Durante o dia foi dificil estar comigo e com os outros...as paredes pareciam-me sufocar, uma dormência constante, um estado de desânimo latente...uma vontade de desaparecer.

Estou à demasiado tempo fechada em casa...não consigo emprego, começo a desesperar e a sentir uma frustração enorme...É nesta altura que me vou abaixo...as recordações de alguém vêm me a cabeça, começo a ter a sensação de que tudo isto vai ter um fim definitivo. Devia ficar feliz por seguir em frente...mas não! Há tempos decidi manter o único elo que nos mantinha juntos...confesso que não fui capaz de o apagar do meu msn. Vê-lo aqui era uma forma de me lembrar da pessoa que ele foi, daquilo que "me deixou", as coisas que sabia que nunca iriam acontecer...

Algo me diz que está prestes a mudar...não por mim, mas por ele.

É corioso pensar que na malfadada discussão, eu quiz por um ponto final....ele por sua vez disse que continuava a gostar de falar comigo, que queria dar um tempo e a poeira assentar....

Nunca me enganei e soube que aquelas palavras tinham um forte gosto a despedida!

A minha vida não parou, nem pára...mas o vazio existe, está cada vez maior. Esta história só me tornou uma pessoa mais amarga, mais decepcionada, mais triste. Tento que não me afecte, tento pensar que tanto sofrimento terá a sua recompensa, mas torna-se dificil acreditar...

É dificil olhar para as pessoas e não me retrair, é dificl não sentir indiferença, fechar me em copas...deixei de acreditar seja no que for!

Uma certeza porém...

Nunca mais me darei a alguém da mesma forma, nunca mais confiarei, não mais consigo acreditar que o amor pode ser real...  

 

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 20:24
sinto-me:

09
Abr 06

Pois é...ia eu tão bem, lançada num post fantástico sobre "notty stuff", preparando-me para criar uma revolução no meu blog, quando puff o pc morreu.

Irra, raios, e tudo mais de nomes feios...o gajo já não quiz mais acordar!

E lá foi o meu cabecita de lata direitinho para o hospital (salvo seja). O pior foi quando finalmente tive novidades dele....ai ai e qe novidades!

Ao que parece, houve para aqui um "picozito" de corrente que lhe avariou as ideias...e o pior mandou tudo o que cá estava dentro para o "outter space". Pois é quilos de documentos, coisas que eu escrevo à toa, pequenas preciosidades que eu escondo e que foram para o galheiro. Algumas estão guardadas, outras nem por isso...umas estão escritas à mão, outras nem por isso! Maneiras que muita coisa que se foi!

Buahhh...buahhhh!

Anyway...

Houve muita coisa que foi melhor assim...muitas conversas que aqui ficaram gravadas e que desapareceram, mails lamechas que mandei a um certo alguém e que já não posso ler mais...

Se calhar foi melhor assim...

Life Goes on! E eu estou a aprender a ver a vida com outros olhos!

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 12:19
sinto-me:

08
Abr 06

I'm Finally Back....it's good to be back!!

Quero agradecer a todos as vossas visitas e os comments que me deixaram e prometo que com mais calma escrevo um post mais cool.

Obrigado a todos!

Beijos e resto de bom fim de semana  

publicado por Paty a.k.a Wildflower às 20:03

Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

18
20
22

24
26
27
28
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO