Round and Round in Circles Over Life...

29
Ago 05
images[5].jpg

Regressar...voltar à realidade, assentar os pés no chão, acordar cedo de novo, ouvir o ruido irritante do despertador e pensar em voltar a estar de férias! Ah Paris....! Que belas férias!!! Cansativas, solitárias mas muito divertidas assim foram as minha férias na cidade luz. Uma semana passa a correr, Paris é uma cidade enorme que respira cultura, é um mix de tudo aquilo que podemos imaginar, é arte, é cultura, é divertimento...sabores diferentes, cores diferentes, é um dia radiante de sol num dia...e chuva torrencial no outro, é descobrir algo novo a cada esquina, sentir que a vida tem muitas coisas diferentes que devemos aproveitar! Foi uma semana fantastica e apesar do cançaso fez me bem desaparecer e misturar me por uns dias no meio do stress parisiense.
Sinto que me fez pensar de outra forma...talvez venha um pouco mais fria, mais realista, mas sem duvida com a certeza de que posso alcançar tudo aquilo que quero na vida, que é humano errar, que há coisas que não têm volta, que o importante mesmo é aproveitar cada momento, cada oportunidade, cada coisa simples e boa da vida...e viver intensamente.
Deixo vos uma foto do sacre coeur (sacada da net, poix as minha não são digitais lololo ;p), numa zona chamada Monmartre (tipo o nosso bairro alto) e que foi dos sitios onde mais me diverti, é um lugar com uma vista fantastica sobre a cidade, cheia de artistas, pequenas lojas tradicionais e bares tipicos, onde se conhecem pessoas fantasticas e onde o ar é mais leve, mais fresco, descontraido e muito "cool" (como dizem os franceses ;p).
publicado por Paty a.k.a Wildflower às 21:42

1 comentário:
Fico feliz por ter proporcionado essa lembrança...
Aqui deixo o registo: “Existe sempre no mundo uma pessoa que espera a outra, seja no meio de um deserto ou no meio das grandes cidades. E quando essas pessoas se cruzam e os seus olhos se encontram, todo o passado e todo o futuro perdem qualquer importância, e só existe aquele momento e aquela certeza incrível de que todas as coisas debaixo do Sol foram escritas pela mesma Mão. A Mão que desperta o Amor, e que fez uma alma gémea para cada pessoa que trabalha, descansa e busca tesouros debaixo do Sol. Porque sem isto não haveria qualquer sentido para os sonhos da raça humana.” In Paulo Coelho
Obrigada pela visita!
Volta Sempre =)
Débora Vilhena
(http://mundoondeexisto.blogs.sapo.pt)
(mailto:dede@sapo.pt)
Anónimo a 3 de Setembro de 2005 às 15:53

Agosto 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO