Round and Round in Circles Over Life...

19
Nov 05
heartofstone.jpg

E com o mais rude e diabólico gesto, pegaste no meu coração de cristal (como ele brilhava e cintilava nas tuas mãos...) e com um sorriso de desdém olhaste para mim, para o meu ar doce apaixonado, e arremessaste a preciosidade que te pretencia para o fundo gélido, vazio e solitário de um poço...
Dei um grito surdo...que me horrorizou a alma, mas nada mais havia a fazer e acabei por assistir à cena mais triste que alguma vez os meus olhos puderam imaginar. O pequeno coração foi caindo, rodopiando, mostrando cada face, cada brilho, cada pedaço de ilusão de que era feito...até que chegou ao fundo, e ao embater na pedra fria, gelada e triste...desfez-se em mil pedaço, particulas de cristal que rápidamente viraram pedra e não conseguiram salvar aquilo que restava de uma princesa doce e meiga!
Não tenho vontade de voltar a amar ninguém...queria adormecer, qual julieta entristecida, qual branca de neve envenenada, qual cinderela enfeitiçada...e esquecer simplesmente que existi!
O que mais magoa, não é o não ter o teu amor, não é não ter estado contigo ontém...mas sim a tremenda falta de respeito que acabaste de demonstrar por mim! Pode ter acontecido muita coisa, podem ter sido coisas tristes ou coisas alegres, pode ter havido um imprevisto, ou algo mais grave...e preocupa-me pensar que pode ter sido algo do género, pois a vida infelizmente também nos dá coisas tristes...
Mas é tão simples hoje em dia dizer-se que algo falhou, que algo aconteceu, ou simplesmente ser se verdadeiro e sincero e dizer que afinal não era isto que querias...
Podiam ter sido tão diferente...
Não consigo mais "olhar te" da mesma forma, e isso ainda mais doi...
Até um dia...uma outra vida...
publicado por Paty a.k.a Wildflower às 12:44

3 comentários:
Moko,
Muitas mais pessoas já me deram força, já me disseram trinta e uma coisas, já me chamaram a razão e me fizeram ver que a vida não acaba aqui. E da mesma forma que os meus amigos me fazem sorrir numa altura tão dificil, também tu à semlhança de tantos outros desconhecidos, me têem feito sorrir, me têm ajudado a levantar desta queda. Às vezes são aqueles que não conhecemos e que estão de fora, aqueles que mais nos ajudam.Paty
(http://patyplanetaazul.blogs.sapo.pt)
(mailto:)
Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 19:57

cara Paty....

nao valorizes damasiado aquilo que te disse, concerteza que mais pessoas te dirão algo do genero daquilo que te disse...é sim, bom ter quem nos ajude a continuar a acreditar na vida..mas o mais importante é que tu própria encontres motivos e razões para tal..é em ti que deves encontrar essa força, isto se me permites o humilde conselhozito..força.mokomaori
(http://www,maoris.blogspot.com)
(mailto:mokomari@sapo.pt)
Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 19:36

bem sei que é muito dificil, acredita que sei, mas....as pessoas caem para se voltarem a levantar..tem fé! beijo.mokomaori
(http://www,maoris.blogspot.com)
(mailto:mokomari@sapo.pt)
Anónimo a 20 de Novembro de 2005 às 19:15

Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18

21
22
24
25

29
30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO